Você sabe por que Charlie Sheen saiu do seriado Two and a Half Man? Confira as polêmicas por trás da demissão!

Por Redação Wolfoxy - em Cinema - 7 de abril de 2017

Exibida entre 2003 e 2015, a série da Warner “Two and a Half Man” teve como um dos principais atores Charlie Sheen. O programa é até hoje muito repercutido, tendo ainda inúmeros espectadores, uma grande audiência. Charlie, por sua vez, acabou por se envolver em diversas polêmicas ao longo de sua carreira como o personagem.

Mas o que aconteceu?

O ator passou por acusações de violência doméstica e envolvimento com drogas – no âmbito pessoal – e outras confusões relacionas ao trabalho.E foi justamente uma dessas “situações” que fez com que o ator acabasse deixando a série. Charlie saiu em 2011, e após os rumores sobre sua demissão começares, a Warner Bros Studios emitiu – após uma cuidadosa avaliação – um comunicado oficial de que a empresa resolvera encerrar os contratos com o ator. Além do envolvimento com drogas, prostitutas e passagens pela polícia, Sheen ainda fez diversas críticas públicas à série e ao autor Chuck Lorre, que teve sua “vingança”, “matando” Charlie Harper no programa. Fez um piano cair sobre sua cabeça.

Charlie Sheen Foto: Reprodução

Charlie Sheen sendo ele mesmo:

Aparentemente, 2 milhões de dólares por episódio não era o suficiente para o ator *risos*. O motivo principal de ter pedido demissão foi pelo fato de não considerar o salário justo para o trabalho “original” que ele realizava. Afinal, Charlie dizia que o sucesso da série era decorrente da sua atuação.

O pedido para aumento de salário causou uma confusão com o restante do elenco da série, afinal, o irmão de Charlie – Alan Harper – não recebia nem ao menos metade do cachê. Jake – Angus T. Jones – não recebia um quarto disso.

Charlie Sheen ficou afastado da televisão por um tempo após sua demissão. Participou alguns anos depois com alguns papéis de destaque, como em “Todo Mundo em Pânico” e “Machete Mata”.

Em 2012, ele estreou a série “Tratamento de Choque”, em que também fazia um personagem chamado Charlie. O personagem fazia terapia intensiva para controlar a raiva. O programa durou dois anos e foi cancelado por baixa audiência, em 2014.

 

Fonte(s)