Crítica: Logan, o filme

Por Redação Wolfoxy - em Cinema - 10 de março de 2017

Logan, o filme

Logan chegou para ser um marco nas adaptações cinematográficas baseadas em quadrinhos, nesta longa metragem de James Mongold vivenciamos o passado e o futuro do nosso cômico personagem Wolverine(Hugh Jackman) e sua transição para a nova era dos X-Mens iniciando com sua filha: Laura Kinney/X-23(Dafne Keen). Ao longo de sua carreira, Jackman interpretou nosso herói Wolverine nove vezes e desejava encerrar suas participações na telona como o mesmo em “Logan”. 

Logan, o filme – 20th Century Fox | Na imagem: Logan

Se passando em 2029, após Logan ter sido Wolverine por tanto tempo, ele ganha a vida como chofer de limousine para cuidar do nonagenário Charles Xavier (Patrick Stewart) e, para isso, conta apenas com a ajuda do frágil Caliban (Stephen Merchant). 

Logan, o filme – 20th Century Fox | Na imagem: Caliban

 Debilitado fisicamente, esgotado emocionalmente, Logan é procurado por Gabriela (Elizabeth Rodriguez), uma mulher mexicana que requer a ajuda do ex-X-Men. O mesmo se recusa a voltar à ativa e é confrontado por um mercenário, Donald Pierce (Boyd Holbrook), interessado na garota que Gabriela “sequestrou” (a menina Laura Kinney / X-23).

Laura Kinney

Logan, o filme – 20th Century Fox | Na imagem: Laura Kinney ou X-23

Ao longo dá metragem  a “confusão”, portanto, torna o exercício da adaptação ainda mais desafiador.Problemaque Mangold, também autor do argumento deLogan, resolve com criatividade. Nada mais simbólico do que se despedir de um (na realidade “do”) Wolverine apresentando um (na verdade “uma”) outro Wolverine. Sim, como o codinome indica, a pequena Laura é a 23ª tentativa de se “produzir” um novo mutante recheado(a) deadamantium utilizando o mesmo DNA de Logan. 

Então…

Logan, o filme, está mais para aquele que prioriza o estudo psicológico de personagem (na linhaBatman – O Cavaleiro Das Trevas). O longa não é exatamente a continuação dos (controversos) filmes-solo do Wolverine;más um encerramento de nosso clássico herói e abertura para a nova geração dos X-mens; um filme fantástico com efeitos especiais únicos que só poderiam ser feitos pela 20th Century Fox.

 

5.0/5.0 – Fantástico