Cofundador da Google, Sergey Brin, está desenvolvendo aeronave que lembra zepelim

Por Redação Wolfoxy - em Ciência - 10 de maio de 2017

Sergey Brin, um dos cofundadores da Google e presidente da Alphabet, estaria trabalhando em uma aeronave secreta dentro um hangar da NASA, no Vale do Silício. De acordo com informações publicadas pelo site Bloomberg, sabe-se até o momento, é o veículo possui um formato parecido com o dos antigos zepelins. Por enquanto, não se é impossível determinar se estamos presenciando uma nova iniciativa da “Gigante das Buscas” , ou se é apenas um hobby do bilionário.

Confira abaixo um vídeo explicando o mais recente projeto de Sergey Brin:

De acordo com o TechCrunch, Brin é conhecido por apreciar muito a aeronáutica. Acabou ganhando uma afeição pessoal por aeronaves durante visitas que fez ao Ames Research Center da NASA. Em sua matéria, o Bloomberg ressalta que a Google é a responsável pela operação dessa instalação da agência espacial desde 2015. Também aponta que o veículo que Brin está construído não consta entre um dos projetos da Alphabet.

Qual o interesse por veículos aéreos?

O avanço do projeto supostamente já resultou na construção de uma ampla estrutura de metal, que ocupa a maior parte de um dos hangares do Ames. Um antigo diretor de programas da NASA, Alan Weston, supostamente estaria supervisionando esse processo. Recentemente, esse mesmo representante falou publicamente que novas tecnologias de aeronaves poderiam permitir um transporte mais eficaz de cargas por longas distâncias.

O zepelim USS Macon já esteve armazenado em um dos hangares da NASA, no Ames Research Center. II Fonte: Reprodução

Pode até parecer que o interesse de Brin por um zepelim seja meio “fora de época”. Entretanto, é verídico que existem empresas que vêm estudando o formato como uma solução para operações militares. Esse é o caso do Airlander 10 da Hybrid Air Vehicles. Você pode entender um pouco mais sobre clicando aqui.

Além disso, outra personalidade da Google/Alphabet, Larry Page, vem demonstrando interesse por veículos aéreos. Chegou até mesmo à apoiar startups de carros voadores.

Fonte(s)